terça-feira, 13 de outubro de 2015

OS BEBÊS INTERROGAM O CURRÍCULO E AS MULTIPLAS LINGUAGENS NA CRECHE

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Autorizado concurso SME de São paulo


Autorizada a realização de concursos públicos de ingresso e acesso para cargos do Quadro dos Profissionais da Educação

O decreto foi publicado no Diário Oficial da Cidade de 21 de maio
profissionais_da_educacao_740_x_430.jpg

Em Decreto publicado no Diário Oficial do dia 21 de maio, o prefeito da cidade de São Paulo autorizou a realização de concursos públicos de ingresso e concursos de acesso pela Secretaria Municipal de Educação – SME para provimento de cargos do Quadro dos Profissionais de Educação. 

Clique aqui e veja o Decreto Nº 56.124, de 20 de maio de 2015

quarta-feira, 20 de maio de 2015

SEE / SP - 2ª Chamada - Professor de Educação Básica I.

COORDENADORIA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
CONCURSO PÚBLICO PROFESSOR EDUCAÇÃO BÁSICA I/2015
EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA SESSÃO DE ESCOLHA DE VAGAS (EM CONTINUIDADE)
A Comissão Especial de Concurso Público instituída pela Resolução SE 49, de 12 de setembro de 2014, no uso de suas atribuições, nos termos das Instruções Especiais SE 2, publicadas no DOE 13/09/2014, disciplinadoras do Concurso em questão, CONVOCA os candidatos habilitados e classificados para Sessão de Escolha de Vagas (em continuidade), a ser realizada em hora e locais adiante mencionados, conforme segue:
I. INSTRUÇÕES GERAIS
1. A chamada para escolha de vagas obedecerá, rigorosamente, a ordem de Classificação Final, Lista Geral, em Nível Regional, publicadas no DOE 7/3/2015;
1.1 Os candidatos convocados para escolha de vaga receberão correio eletrônico informando o local, a data e horário da sessão, no e-mail indicado no momento da inscrição no concurso público. A Secretaria da Educação não se responsabilizará por informações incorretas que inviabilizem o contato pessoal.
1.2 O candidato deverá informar dados pessoais no momento da sessão de escolha de vaga para fins de perícia médica de ingresso para obtenção do laudo médico. A Secretaria da Educação não se responsabilizará por informações incorretas que inviabilizem o cadastro para agendamento da perícia médica.
2. O candidato convocado deverá comparecer munido de DOCUMENTO DE IDENTIDADE OFICIAL (COM FOTO) e do CADASTRO DE PESSOAS FÍSICAS – CPF ou se fazer representar por procurador, legalmente constituído, portando xerocópia dos documentos do candidato mencionados.
3. Processada a escolha de vaga pelo candidato ou seu procurador, não será permitida, em hipótese alguma, desistência ou troca da vaga escolhida, sob qualquer pretexto.
4. O candidato que escolher vaga deverá fornecer, obrigatoriamente, e-mail pessoal a ser utilizado para recebimento de informações.
5. O candidato que não atender à convocação para escolha de vaga ou dela desistir, terá esgotado seus direitos no concurso;
5.1 Excepcionalmente, a critério da Administração, o candidato que não atender à convocação para escolha de vaga ou aquele que for nomeado e deixar de tomar posse do cargo, poderá ser convocado novamente para escolha de vagas, após a manifestação de todos os candidatos aprovados no Polo Regional, durante o prazo de validade do concurso público e obedecida a ordem de classificação, observando-se o item 10, Capítulo XIII das Instruções Especiais SE nº 2/2014. 6. As vagas disponíveis para escolha são as remanescentes das sessões realizadas entre os dias 11 a 19 de maio de 2015.
7. Havendo cargos vagos remanescentes, no final de cada sessão de escolha de vaga, serão chamados os candidatos retardatários do horário, na data da convocação, obedecida a ordem de classificação.
8. O candidato que escolher vaga deverá providenciar os exames médicos constantes no item 6, Capítulo XIV das Instruções Especiais SE nº 2 /2014, para realização de perícia médica de ingresso.
9. A Secretaria da Educação convoca, para sessão de escolha, número maior de candidatos do que cargos existentes, a fim de assegurar o provimento de todos os cargos no decorrer da sessão, nas hipóteses de não comparecimento/desistência de candidatos.
10. Esgotados os cargos reservados, os candidatos excedentes, se houver, deverão aguardar próxima convocação para escolha de vaga.
II - LOCAL DE ESCOLHA E QUADRO DE CHAMADA
POLO REGIONAL 1 Cargos disponíveis: 780
1. LOCAL: CASA CAETANO DE CAMPOS (SEDE DA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO) ENDEREÇO: Praça da República, 53 - Centro/SP
2. QUADRO DE CHAMADA (Dia - horário - lista - nº de candidatos convocados)
28/05/2015 - 9h - Lista Geral - nº 4201 ao 4750
29/05/2015 - 9h - Lista Geral - nº 4751 ao 5300
.............................................................................................................
POLO REGIONAL 4 Cargos disponíveis: 22
1. LOCAL: CEEJA Valberto Fusari ENDEREÇO: Rua Rubião Júnior, 283, Núcleo Colonial, Ribeirão Pires/SP
2. QUADRO DE CHAMADA (Dia - horário - lista - nº de candidatos convocados)
28/05/2015 - 9h - Lista Geral - nº 351 ao 385
..............................................................................................................
POLO REGIONAL 5 Cargos disponíveis: 153
1. LOCAL: Sede da Diretoria de Ensino de Campinas Oeste ENDEREÇO: Rua Candido Mota, 186 - Bairro Fundação da Casa Popular - Campinas/SP
2. QUADRO DE CHAMADA (Dia - horário - lista - nº de candidatos convocados)
28/05/2015 - 9h - Lista Geral - nº 601 ao 750
28/05/2015 - 14h - Lista Geral - nº 751 ao 900
...............................................................................................................
POLO REGIONAL 6 Cargos disponíveis: 9
1. LOCAL: Diretoria De Ensino Região de Ribeirão Preto ENDEREÇO: Av. Nove de Julho, 378
2. QUADRO DE CHAMADA (Dia - horário - lista - nº de candidatos convocados)
28/05/2015 - 9h - Lista Geral - nº 101 ao 150

sábado, 2 de maio de 2015

o brincar como forma de ser e estar no mundo angela borba





O BRINCAR COMO UM MODO DE SER E ESTAR NO MUNDO
Ângela Meyer Borba


Chamada para a reflexão sobre o brincar: ƒexperiência que cruza diferentes tempos e lugares, passados, presentes e futuros, marcada ao mesmo tempo pela continuidade e pela mudança



Conceito sobre o brincar: ƒéuma atividade que não se opõe ao ensino-aprendizagem dos demais conteúdos ou áreas de trabalho, mas que se articula aos processos de aprender, se desenvolver e conhece


terça-feira, 21 de abril de 2015

Brinquedos e Brincadeiras de Creches MANUAL DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA


Este manual tem a finalidade de orientar a seleção, a organização e o uso de brinquedos e brincadeiras nas creches destinadas especialmente a crianças com idade entre 0 e 3 anos e 11 meses, com base nas recomendações das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (MEC, 2009). Embora o universo de crianças com idade até 5 anos e 11 meses também seja objeto de atenção, a prioridade está sendo dada à educação das crianças menores que, historicamente, foram excluídas  do sistema público de educação.
 A introdução de brinquedos e brincadeiras na creche depende de condições prévias:
 1. Aceitação do brincar como um direito da criança;
 2. Compreensão da importância do brincar para a criança, vista como um ser que    precisa de atenção, carinho, que tem iniciativas, saberes, interesses e necessidades;
 3. Criação de ambientes educativos especialmente planejados, que ofereçam oportunidades de qualidade para brincadeiras e interações;
4. Desenvolvimento da dimensão brincalhona da professora.

Tais condições requerem o detalhamento de aspectos que emergem na prática pedagógica:
 Quais brinquedos selecionar e adquirir?
Em que quantidade?
Há certeza sobre sua qualidade?
 Como utilizá-los?
Como modificar e recriar o espaço físico para introduzir novos mobiliários, materiais e brinquedos?
Os interesses e necessidades das crianças de diferentes segmentos étnicos, sociais e culturais estão sendo contemplados?
Como é possível utilizar um conjunto de brincadeiras que seja, ao mesmo tempo, adequado individualmente e, também, a todo o agrupamento de crianças ?
Como acompanhar e avaliar o trabalho pedagógico em conjunto com a família?
A creche oferece às crianças e a suas famílias o melhor em termos de serviços e materiais para a sua educação?
 A creche tem uma proposta curricular em que o brincar e a interação sejam contemplados?